Melhores exercícios para fazer ao ar livre

Melhores exercícios para fazer ao ar livre

Com um aumento significativo nas escolas secundárias em todo o mundo, as pessoas esquecem o prazer de fazer atividade física em espaços abertos, como parques, praças, ruas ou florestas.

Muitos acreditam que é necessário ter gadgets, pesos, halteres e acessórios para as coisas para praticar, mas esquecer que a atividade ao ar livre, sem pesos e equipamentos, é tão eficaz quanto o treinamento em academias.

 exercícios pós-gravidez

O exercício ao ar livre é bom porque existe a oportunidade de respirar um ar natural, longe dos ventiladores e ar condicionado, o que beneficia o exercício, exceto que é muito fresco para tracto respiratório. Neste artigo eu quero viver bem você pode conferir os melhores exercícios ao ar livre, sem equipamento ou pesos, apenas com o peso do seu corpo e seu corpo. [19659008] Pulseira de braço

  Pulseira de braço

Este exercício é muito bom para fortalecer e desenvolver os músculos superiores .

A extensão do braço funciona como peitoral maior, deltóides, bíceps e tríceps, é um exercício completo. Esta é uma boa opção para o corpo!

A largura da mão causa dificuldade em mudar por exemplo: Mãos mais distantes é um treinamento mais focado em peitorais e deltóides. Por outro lado, as mãos mais fechadas estão focadas em agonistas e antagonistas – bíceps e tríceps.

Como fazer:

Fique de joelhos, logo abaixo do ombro. Remontar seus pés, ficar na ponta dos dedos e raspar seu corpo e deixe as costas retas, como uma prancha (esta é a posição inicial).

O mesmo abdome, abaixe com o tronco até que o peito chegue perto do chão e retorne à posição inicial. É importante manter sempre o corpo ereto sem dobrar as costas.

Para a flexão mais fechada, o processo é o mesmo. Que mudanças existem, em vez de os braços serem mais afastados,

Squatting

Este exercício é considerado o melhor para o trabalho de costas da coxa e nádegas e seu desempenho melhora a tonificação das pernas e tríceps e músculos bíceps.

Existem várias vantagens como: aumento do tônus ​​muscular, diminuição da flacidez, correção de scaffold, queima de gordura local, realce ósseo, etc.

Sua alta concentração excêntrica e concêntrica do músculo faz com que o osso tenha uma maior liberação de ácido lático, que trabalha intensamente os músculos [Já falamos sobre agachamento, aqui] .

Como fazer: [1 9659002] Fique em pé, abra as pernas e depois espalhe os pés na largura do ombro. Dobre os joelhos, mantenha-os flexionados e incline os quadris para baixo até ultrapassar a linha do joelho, empurrando as costas para trás como se estivesse sentado em uma cadeira imaginária e segurando as costas retas.

Finalmente, estendendo-se está um exercício isométrico de concentração de força (exercício realizado sem movimento), que é um exercício de concentração de força isométrica . Este exercício tem sido usado para fortalecer a região do abdômen, coluna lombar, costas e ombros, devido à sua maneira de realizar, além de estar em uma posição difícil por longos períodos. ser bom em trabalhar e melhorar a postura. Mas lembre-se: o conselho abdominal não é um exercício de perda de peso melhora, desenvolve, tonifica e define músculos abdominais, costas e ombros. Para perder peso, é necessário ter um complemento aeróbico que veremos no próximo exercício. [Já falamos sobre a prancha, aqui]

Como fazer:

Retire o antebraço com a barriga no chão e deixe-os alinhados com os ombros.
Com os dedos dos pés apoiados no chão, orientando-os com os cotovelos e levantando todo o corpo, segure-o na posição vertical e, em seguida, você deve entrar no abdômen.

Tentativa de permanecer por 30 segundos a 1 minuto nesta posição [19659008] Abdome superior

Este exercício ajuda a fortalecer a região abdominal alta é fácil de realizar e altamente recomendado para aqueles que começam atividades físicas, já que é um exercício de nível básico

O abdome superior fortalece a parede abdominal que é responsável por proteger os órgãos internos e ajudar a coluna a manter a postura ereta. Deite-se aqui com o estômago, as pernas dobradas e os pés apoiados no chão. Incline o tronco para frente, mova-se em direção ao joelho e junte os músculos enquanto libera o ar (exalando) e retorna à posição inicial, atraindo o ar (inspirando).

 De todos os exercícios citados até agora <strong>este é o mais vantajoso </strong> não apenas para o sistema cardiovascular, mas para todo o corpo. Aqui estão alguns dos melhores benefícios da corrida: </p>
<p></strong> </strong> </strong> </strong> </strong>  – Heart: </strong> Com a corrida, o músculo cardíaco se fortalece e aumenta a cavidade, facilitando o fluxo sanguíneo em todo o corpo. A injeção de sangue é melhorada devido à hipertrofia miocárdica excêntrica (alteração na parede e na cavidade ventricular esquerda). Desta forma, o coração bombeia mais sangue com menos derrames, tornando-o mais eficaz, melhorando o fluxo e o oxigénio para o resto do corpo. </p>
<p>  <strong> – Pulmões: </strong> aumentam a capacidade de respiração devido a <strong> – Músculos: </strong> A corrida ajuda a melhorar a resistência muscular e também a queimar gordura nos músculos, dando-lhes mais força e definição <strong> – <strong> – Ossos: </strong> aumenta a densidade óssea, evita problemas como a osteoporose </p>
<p>  <strong> – Cérebro: </strong> aumenta os níveis de serotonina, melhora o sono e o apetite. </strong> – Peso </strong>: Quanto maior a intensidade do treinamento, maior a caloria e a queima de gordura, ” width=”600″ height=”400″ /> </p>
<p>  </strong>: Quanto maior a intensidade do exercício, maior a caloria e a queima de gordura, <strong> – Stress: </strong> com corrida <strong> </p>
<p> <strong>  Como fazer: </strong> </p>
<p>  Comece com trote pequeno, em pequenos trechos e em distâncias curtas <strong> <strong> ] </pre>
</pre>
											</div>

																						
																						
																									<!-- Start Share Buttons -->
			<div class=

2