PESQUISAR 
Política
0

“Será o desafio mais difícil”, diz Barros Munhoz, sobre ser líder de governo

“Será o desafio mais difícil”, diz Barros Munhoz, sobre ser líder de governo

Entre a sessão em plenário e atendimentos em seu novo gabinete na Assembleia legislativa do Estado, o deputado estadual Barros Munhoz (PSDB) atendeu na quinta-feira (6)  um pedido de entrevista do jornal O Impacto. Por telefone, o parlamentar falou já da nova função a que foi alçado, a de líder do governador Geraldo Alckmin. Pela terceira vez Munhoz exerce esta função.

Munhoz havia sido líder em outras duas ocasiões. Uma no biênio 2007/2009, durante o governo de José Serra, e 2013/2015, na gestão do governo Geraldo Alckmin. O deputado, que está em seu quinto mandato na Alesp, assegura que este é o maior de todos os desafios assumidos. “Não apenas pela responsabilidade, mas pelo momento atual, sétimo ano do atual governo de Estado e uma situação econômica dificílima para o país”, declarou.

Entretanto, alguns fatores contribuíram para Munhoz assumir a posição de líder. Dentre eles a experiência política. Prefeito de Itapira em três ocasiões, Barros Munhoz está em seu quinto mandato como deputado estadual. Presidiu o legislativo estadual em duas ocasiões, entre 2009 e 2011 e entre 2011 e 2013. Foi o primeiro presidente reeleito na história da Assembleia Legislativa.

Para ele, a circunstância atual se distingue de outras oportunidades em que foi indicado como líder. “É um tipo de desafio que eu gosto, mas existem dificuldades, sobretudo a crise que tem dificultado a liberação de verbas e a libração de projetos”, declarou.

Com 40 anos de vida pública, Munhoz foi bem recebido na função de líder do governo pelos colegas de assembleia. Conseguiu articular a transferência de um financiamento do BNDES de R$ 662 milhões, que seria usado para a CPTM (Companhia Paulista de Transporte Metropolitano). Este recurso será utilizado na fase final da obra de duplicação da rodovia dos Tamoios, que liga o Vale do Paraíba ao litoral Norte.

O líder de governo tem como prerrogativa articular a aprovação de projetos que atendam aos interesses do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. “Meu nome foi muito bem aceito pelos colegas e eu tenho uma relação fraternal com o novo presidente da Assembleia, o deputado Cauê Macris”, disse.

Munhoz ainda disse que precisa conciliar o tempo para atender as cidades que ajudaram a elegê-lo. “Tenho que continuar trabalhando por Itapira, por Mogi Mirim, Mogi Guaçu e Espírito Santo do Pinhal, entre tantas outras cidades onde eu fui votado”, afirmou. O deputado já se reuniu com o prefeito Carlos Nelson Bueno e também recebeu pedidos de vereadores. Frequentemente ele procura estar em seu escritório político na cidade para atender a outras reivindicações.

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

escrito por: Jornal O Impacto

tem 0 comentários

Deixe um comentário

Quer expressar sua opinião?
Deixe uma resposta!