Síndrome das pernas inquietas – O que é? Sintomas, Causas e Como tratar

Síndrome das pernas inquietas – O que é? Sintomas, Causas e Como tratar

A síndrome do gás inoxidável é relativamente comum tanto que cerca de 150.000 pessoas no Brasil são diagnosticadas anualmente têm esse problema. Você tem certeza do que é a síndrome? "width =" 600 "height =" 338 "/>

Síndrome da Perna sem Ferrugem" width = "600" height = "338" />

Esta é uma doença em que há alterações na sensibilidade das pernas, que provoca uma agitação motora involuntária nos antebraços ou seja, nas pernas. Em suma, a pessoa que tem este problema, também conhecida como doença de Willis-Ekbom, constantemente move as pernas quando está em repouso (19459002) é mais comum e ativa durante a noite que causa a pessoa raramente dorme, o que termina

Sintomas da Síndrome do Inquietador Gasoso

A lista de sintomas da síndrome do gás inquieto inclui principalmente alterações físicas . Geralmente, as pessoas que têm esta doença geralmente experimentam:

  1. movimentos involuntários e incontroláveis ​​das pernas quando descansam, especialmente à noite,
  2. Sensação de desconforto, formigamento, mastigação, dor e disfunção
  3. Fadiga, fadiga, irritabilidade e depressão enquanto não tenta controlar o movimento das pernas,
  4. Dificuldade em dormir regularmente sem acordar, além de morder as pernas a noite toda que é comum a pessoa não dormir bem.

O que causa a síndrome do gás inquieto

Um estudo publicado na revista norte-americana Neurology aponta que esta doença é comum em pessoas que têm uma diminuição significativa no tecido cerebral especificamente na parte que é responsável pelo tratamento de informação sensorial. No entanto, existem médicos que acreditam que a doença é genética isto é, é transmitida aos membros da família, ou

Diagnóstico de Diagnóstico Inquieto

 Síndrome dos Sintomas de Inquietação

Diagnóstico da Síndrome das Pernas Inquietas

O diagnóstico da Síndrome do Gás Inquieto é sempre realizado clinicamente por um médico que analisa os sintomas do paciente e avalia a capacidade de reflexo, sensibilidade e nível de dor para indicar se o caso é causado pela síndrome

] Rarely question o médico em julgamento como polissonografia e dosagem de transferrina e ferritina, que é responsável pelo transporte de ferro no sangue.

Como tratar a síndrome de inquietação

Tratamento co O estômago varia dependendo do grau do caso . Para o mais suave, por exemplo, o médico indica o uso de benzodiazepínicos que trata a ansiedade e induz o sono.

Nos casos mais graves, o tratamento pode ser dado com Pramipexol que atua como um receptor de dopamina no cérebro, sem elevar os níveis sanguíneos nos membros periféricos.

Vale a pena lembrar que a automedicação não é recomendada embora a síndrome dos ossos inquietos seja uma doença facilmente diagnosticada pelo próprio paciente.

Somente o profissional será capaz de analisar o caso e especificar a droga perfeita para o paciente que realmente trata a doença e melhora a qualidade de vida.

Dicas para verificar a síndrome do gás inquieto

Se você identificar sintomas da doença, há algumas medidas que podem ser tomadas para controlá-los e causar o sono. Confira abaixo, que é e coloque tudo em prática:

  1. 1 . Levante-se e aguarde alguns minutos que ajuda a aliviar a sensação de desconforto físico e a reduzir os movimentos involuntários nas pernas.
  2. Pratique exercício físico regularmente em cerca de meia hora, o que ajuda a melhorar a doença cardiovascular e a circulação sanguínea nos membros periféricos, ajudando a aliviar os sintomas
  3. Deixando de lado o tabagismo e a cafeína porque ambos estimulam e agravam os sintomas da síndrome do gás
  4. Investem em técnicas de relaxamento como respiração profunda, ioga e meditação, pois ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade, o que pode agravar os sintomas da doença
  5. Promove o relaxamento muscular e reduz significativamente o movimento indevido, além de reduzir o desconforto e a dor nos membros periféricos.

Post Inq Leg Syndrome – O que é isso? Os sintomas, causas e tratamentos apareceram pela primeira vez em que quero viver bem.

1