PESQUISAR 
Geral
0

Três são presos por roubo ao Bar do Careca

Três são presos por roubo ao Bar do Careca

Por Paulo Renato Lilli

Três jovens foram presos na noite de ontem, acusados de envolvimento no assalto ao Bar do Careca, no Jardim Longato. O crime foi praticado por cinco homens, que invadiram o local armados com revolveres e uma faca. Após renderem funcionários e clientes, roubaram vários pertences, como bolsas, carteira e dinheiro. O bando foi localizado pela Polícia Militar na Vila Dias. Dois conseguiram fugir. Com os presos, a PM recuperou boa parte do material roubado.

O assalto aconteceu pouco antes das 22h00. Armados e escondendo o rosto com o capuz das blusas de moletom que usavam, os ladrões entraram no estabelecimento e renderam clientes, funcionários e o proprietário. Foram pelo menos nove vítimas, sendo duas de Serra Negra, duas de Mogi Guaçu e as demais de Mogi Mirim. Do bar, eles levaram dois celulares e duas caixas com cigarros de palha, além de dinheiro.

Imagens do sistema interno de monitoramento mostram o momento em que os ladrões levam as vítimas para o fundo do estabelecimento e ordenam que o proprietário entregue o dinheiro do caixa. Dos clientes, os assaltantes roubaram bolsas e carteiras com documentos, cartões bancários, dinheiro, chaves de carros, alianças e telefones celulares.

Uma guarnição do serviço de Força Tática da Polícia Militar, que patrulhava a zona norte de Mogi Guaçu, se deslocou até Mogi Mirim quando tomou conhecimento do assalto. Ao rastrear um celular pelo GPS, os policiais identificaram o sinal pela Vila Dias. Assim que acessaram a rua Major Aviador Cláudio Gonçalves Gamba, avistaram os suspeitos, que fugiram pelo telhado das residências.

Foi montado cerco com o apoio de viaturas da 2ª Companhia da PM de Mogi Mirim. Um dos autores, de 23 anos, morador na Vila Dias, saltou um muro e percorreu cerca de 300 metros, sendo detido no quintal de uma residência com R$ 450 e um celular roubado. Na fuga, deixou para trás uma calça de moletom, uma blusa de moletom escura e uma touca tipo ninja.

O segundo preso, de 20 anos, residente no Condomínio Terras de Mogi, no Jardim Quartieri, foi dominado mais adiante, também em um quintal. Numa mochila que carregava nas costas, o rapaz levava sete celulares, R$ 480 e pertences das vítimas, como bolsas, carteiras, cigarros e relógios.

Por fim, a PM deteve um adolescente de 15 anos, morador no CDHU. No bolso da calça, ele carregava um celular e R$ 450. Em revista ao menor, os PMs localizaram mais R$ 200 que o mesmo escondia dentro da meia. Dois assaltantes conseguiu fugir e nenhuma arma foi localizada.

Os três detidos foram levados para a Delegacia de Polícia, onde foram autuados em flagrante por roubo. Os dois maiores foram removidos posteriormente para a cadeia de Itapira, enquanto que o adolescente ficou à disposição da Vara da Infância e da Juventude. No total, a PM recuperou cinco bolsas e quatro carteiras femininas, uma mochila de nylon, 16 caixas de cigarros de palha, nove celulares, dois relógios e R$ 1.580.

Além de procurar pelos dois foragidos, a polícia investiga também a relação de um material apreendido na manhã de hoje, pelo bairro Garcez, com o roubo em questão. Pela rua Antonio Moreno Perez, a PM localizou um par de tênis, uma calça de moletom e um revolver calibre 38 com seis projéteis intactos.

 

Compartilhar:
  • googleplus
  • linkedin
  • tumblr
  • rss
  • pinterest
  • mail

escrito por: IM44

tem 0 comentários

Deixe um comentário

Quer expressar sua opinião?
Deixe uma resposta!